Instituto de Constelações Familiares Brigitte Champetier de Ribes / Brasil

Textos selecionados



Você pode nos deixar seus dados e teremos o maior prazer em lhe enviar informações sobre as atividades do Instituto. Para isso, visite nossa nuestra página de contato.
Obrigada.



"Eu escolho a vida" a cada hora em ponto

Convidamos você, a cada hora, a criar uma nova vibração ao redor do mundo, dizendo “EU ESCOLHO A VIDA” junto com milhares de pessoas. Todos juntos a serviço da vida.












Não tenho trabalho

Itália 2010

HOMEM: Trata-se do problema do trabalho.

HELLINGER: O problema do trabalho é fácil de resolver.

(Hellinger coloca primeiro o homem e depois, diante dele, uma representante do trabalho. O trabalho retrocede um passo e se afasta.)

HELLINGER: Não é de surpreender que você não tenha trabalho. Ele não gosta de você. O trabalho NÃO gosta de você. Está zangado com você porque não o respeita. O trabalho o evita. Porém, não é devido ao trabalho. E, quem era o trabalho?

HOMEM: Era algo que está muito longe de mim. Não havia um movimento para lá.

HELLINGER: Quem era isto, o trabalho? Era sua mãe. Sem mãe não há trabalho. O que lhe fez?

HOMEM: No momento, sinto que está afastado de mim.

HELLINGER: Minha pergunta era muito concreta.

HOMEM: Fui embora.

HELLINGER: Que significa isso?

HOMEM: Tenho pouco contacto com ela. Afastou-me.

HELLINGER: Que lhe fez?

HOMEM: Afastou-me dela.

HELLINGER (ao grupo): Acredito que continuará desempregado. Não se pode fazer nada. Sem mãe não há trabalho. Quem se afasta da mãe, se afasta do trabalho, e o trabalho dele.

HELLINGER (ao homem): você fez algo que a machucou. Feche os olhos.

(O homem cobre o rosto com as mãos e começa a soluçar.)

HELLINGER decorrido um tempo: sua mãe ainda está viva?

HOMEM: Sim. Meu pai já morreu.

HELLINGER: Então, ainda tem alguma oportunidade, agora se comunicou com ela, bem, muito bem. Ela lhe fará algumas propostas concretas.

Escreva-lhe uma carta. Então, recorra sua infância, desde seu nascimento, e veja tudo o que ela fez por você, o tempo todo. Escreva-lhe isso, e tome tudo em seu coração. Tome em seu coração tudo o que lhe presenteou.

(O homem assente.)

HELLINGER: Exato. E no final escreva-lhe também: sempre que precisar de mim, estarei com você.

O homem está muito comovido.

HELLINGER: Em breve você encontrará trabalho.

(Ambos riem ruidosamente.)

HELLINGER (ao grupo): Ficou feliz. Bem. As mães fazem felizes, sem dúvida alguma.

HELLINGER (ao homem): Pronto, deixarei assim.