Instituto de Constelações Familiares Brigitte Champetier de Ribes

Textos selecionados



Você pode nos deixar seus dados e teremos o maior prazer em lhe enviar informações sobre as atividades do Instituto. Para isso, visite nossa nuestra página de contato.
Obrigada.



"Eu escolho a vida" a cada hora em ponto

Convidamos você, a cada hora, a criar uma nova vibração ao redor do mundo, dizendo “EU ESCOLHO A VIDA” junto com milhares de pessoas. Todos juntos a serviço da vida.












A triangulação

Aliança sistemática contra uma pessoa

Às vezes, não podemos evitar aliar-nos com uma pessoa, em contra de outra. Acontece-nos involuntariamente, quase cada vez que nos juntamos com essa pessoa. Por exemplo, o pai com sua filha, contra a mãe, e depois poderemos talvez observar a aliança contrária: mãe e filha contra o pai.

A triangulação produz-se quando um adulto não consegue viver uma relação a dois sem introduzir uma terceira pessoa. Em nosso exemplo, o pai não consegue relacionar-se como marido sem introduzir a filha, e quando introduzir a filha, utiliza-a contra a mãe: fazem um frente comum contra a mãe.

Estas triangulações mostram a presença de um excluído. O manipulado, o triangulado (aqui é a filha), representa um excluído que, ao não ser reconhecido - aqui pelo pai-, parasita a relação pai-mãe. E o sistema manifesta sua presença através da filha.

Pode ser realizado por uma pessoa sozinha (a pessoa representando todos os papeis), porém é mais fácil entre três ou quatro pessoas.

A pessoa imagina-se a si mesma, seu aliado, e a terceira pessoa, a desprezada pelos dois primeiros.

Coloca-se em cada um para sentir a posição e o movimento, se existir. Assim, ela poderá observar quais são as relações entre os três.

Agora, acrescenta ou imagina um excluído detrás do seu aliado, e perceberá o que mudou.  Permanecerá um tempo no excluído e em si mesma, até que possa sentir amor de novo pelo excluído, reincluí-lo e soltá-lo. Até que o excluído vá embora, com vontade.

Depois, observe como a relação com seu aliado mudou.

Agora, olhe para a pessoa a quem menosprezava, e também viva a mudança que se produziu.

Para terminar, experimente a nova relação entre os três. O desprezado e o excluído já saíram do campo de exclusão, e as duas primeiras pessoas saíram do campo da manipulação.

Ás vezes, a pessoa poderá descobrir quem era o excluído.

fonte de amor e proteção que se expande por todo seu sistema familiar e sua vida atual.