Instituto de Constelações Familiares Brigitte Champetier de Ribes

Textos selecionados



Você pode nos deixar seus dados e teremos o maior prazer em lhe enviar informações sobre as atividades do Instituto. Para isso, visite nossa nuestra página de contato.
Obrigada.



"Eu escolho a vida" a cada hora em ponto

Convidamos você, a cada hora, a criar uma nova vibração ao redor do mundo, dizendo “EU ESCOLHO A VIDA” junto com milhares de pessoas. Todos juntos a serviço da vida.












A raiva

A raiva primária dura poucos segundos. A adrenalina aumenta subitamente quando alguém abusa de nós, e nos segundos a seguir o corpo tenciona-se para atuar e interromper imediatamente esse abuso. Em poucos segundos, a segurança volta, a pessoa cresce e fica novamente calma.

Se nossa raiva durar mais de uns segundos, então não será primário, e não poderá cumprir com seu objetivo: afastar um perigo.

A raiva persistente está relacionada com outro motivo. Como o resto das emoções secundárias, essa raiva substitui uma emoção primária que foi bloqueada por algum motivo. A raiva refere-se a esta outra emoção, a primária bloqueada desde nossa infância.

Sente-se comodamente.

Feche os olhos se preferir.

Realize várias respirações.

Agora, imagine seu raiva diante de você. Parece enorme. Tente observá-lo. Sinta também sua presença no seu corpo. Olhe para sua infância, até que apareçam imagens de pessoas, importantes para você, cheias de raiva.

Agora, detrás do seu raiva, descobrirá uma dor, muito pequena, assustada e escondida. Tem muito medo de ser vista. Medo de ser castigada, de ser rejeitada.

Olhe para ela com amor e acolha-a como uma criança pequena cheia de temor.

Reconheça-a como sua dor. Essa dor que não teve coragem de viver nem de mostrar.

Tome-a, agora, como sua. Dê-lhe todo o espaço que precisa dentro do seu corpo. Dê-lhe seu tempo e seu espaço. Chore com ela, sem deixar-se dominar por ela.

Sofra com ela, até que a calma retorne.

Agora, se sentirá mais expandido, com maior compreensão da vida, cheio de compaixão por todos e por tudo.